Trabalhar em excesso pode afetar negativamente a saúde

Trabalho em excessoVocê está trabalhando muito? Sua saúde está boa? Você se alimenta bem e faz exercícios físicos?

Vários estudos comprovam que o excesso de trabalho pode causar danos psíquicos, profissionais e físicos e que mal cuidados pode causar a morte.

O trabalho em excesso também pode causar o grande problema do mundo moderno hoje que é o estresse. Pode ser por excesso de pressão no trabalho ou nos estudos, por problemas econômicos ou por tensões nas relações. O caso é que a maioria das pessoas passam por estresse na vida.

Outro problema que pode vir com o estresse é a queda de cabelo, vários estudos científicos apontam que depois da má alimentação, o segundo causador da queda de cabelo é o estresse.

O Programa de Reconstrução Capilar funciona, por exemplo, devido a isso, porquê dentro dele o criador do programa da dicas para você levar uma vida saudável a fim da pessoa não ter problemas colaterais com o excesso de trabalho.

É fato que o Marketing Digital é uma das profissões mais prazerosas do mundo, porém todo o cuidado é pouco, porquê no começo dessa profissão a pessoa pode sofrer com a pressão de resultado e a pressão financeira.

Leia também: Como ser uma mamãe empreendedora!

Efeitos colaterais do excesso de trabalho

Trabalhar demais comprovadamente faz mal, porque tudo que é demasiado prejudica, e com a sua atividade profissional não poderia ser diferente.

efeitos colateraisUm estudo em Barcelona, na Espanha, revelou que jornadas de trabalho com mais de 40 horas semanais podem acarretar problemas físicos e emocionais, como estresse, depressão e até problemas cardíacos.

Um outro estudo feito por pesquisadores finlandeses apontou que o trabalho excessivo pode aumentar o risco de declínio mental e, provavelmente, levar o indivíduo à demência.

A pesquisa se baseou na análise de 2.214 funcionários públicos britânicos de meia-idade. Ela identificou que os profissionais que exerciam mais de 55 horas de trabalho por semana apresentavam menos habilidades mentais que os que cumpriam o horário estabelecido.

Um outro problema pode surgir com o excesso de trabalho, esse problema é a síndrome de burnout. A síndrome de Burnout é um estado de tensão emocional e estresse crônico provocado por condições de trabalho desgastantes.

É muito comum confundir a síndrome de Burnout com a depressão, isso porquê os sintomas dessas doenças são praticamente parecidos. Os sintomas são refletidos através de comportamentos diferentes, como agressividade, isolamento, mudanças de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, entre outros.

É muito importante um diagnóstico detalhado com um especialista. Veja abaixo um pouco mais sobre a síndrome de Burnout:

Um outro estudo informou que o estresse nos homens pode provocar a diminuição da qualidade dos espermatozoides, o que pode afetar negativamente a fertilidade. Isto poderia reduzir os níveis de testosterona e a produção de esperma nos homens.

Portanto, tome cuidado com o excesso de trabalho e curta mais a vida.

3 comments:

  1. Alisson paulo

    Eu trabalhava muito e dormia apenas 4 horas por dia, hoje em dia não faço mais isso porque afetou minha saúde, uma das coisas mais importantes é nosso sono.
    Belo artigo, gostei muito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *